Brincando com Google

Este post foi sugerido pelo meu menino de 9 anos que adora descobrir curiosidades na nos canais de internet. Se seu filho tem mais de 7 ou 8 anos provavelmente já utilize o Google como ferramenta de pesquisa para trabalhos de escola ou qualquer outra informação que queria. Aqui em casa temos uma ferramenta de segurança que impede que as crianças caiam em conteúdo impróprio durante uma busca, mas mesmo assim, é sempre bom estar por perto monitorando. 
 Os easter eggs do Google não são ovos de páscoa, mas sim imagens ou ações criativas escondidas no sistema. Reuni as preferidas dos meninos aqui para você ver com seu filho (a), caso ele ainda não conheça: 
“do a barrel roll” é um dos mais conhecidos, digite na busca e a tela vai dar um giro de 360 graus.

Tilt: digite e a tela vai inclinar como se fosse uma impressão torta

Zerg Rush: digite e vai aparecer um joguinho, onde você tem que clicar nas letras “O” invasoras antes elas apaguem toda tela. É um dos mais divertidos na opinião dos meninos.

Google gravity: digite e em seguida clique em “estou com sorte” o site vai ser derrubado, puxando tudo para baixo como o efeito da gravidade.

Police Telephone Box London: no Google Maps: digite e depois clique na cabine, você vai entrar e espiar a tardis, máquina do tempo do seriado Doctor Who. Bem legal!

Conhecem mais algum easter egg divertido do Google???
OBS: O Google Doodle está bem fofo hoje com a homenagem a Adoniran Barbosa.
Abraço!

Um comentário em “Brincando com Google

  1. Oi, eu sou o Cássio, do blog Cássio Gameplays. O do a barrel roll é em homenagem ao game Star Fox, em que esse comando é uma esquiva, e caso você digitar "Z or R twice" você faz o mesmo easter egg aparecer.
    Existe o "find chuck norris", em que você procura isso no google e clica em "ESTOU COM SORTE".
    Existe o "atari breakout", em que você vai no google imagens e procura isso.
    Vá em http://cassiogameplays.blogspot.com.br/2015/02/nerd-time-10-coisas-para-fazer-no.html
    Para saber mais easter eggs!!!! ADOREI O POST 🙂
    Abraços, Cássio.

Deixe uma resposta para Cynthia Le Bourlegat Cancelar resposta