segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Dicas para organizar a rotina na volta às aulas

O fim das férias está próximo (última semana de por aqui) então já estamos em clima de organizar as coisinhas para a volta da rotina para não gerar estresses de última hora. 
Vejam algumas dicas para organizar e preparar as crianças para a volta às aulas:

Arrumando o material escolar: Chamem as crianças para ajudar (eu chamei por aqui), checar os itens da lista, ver se foi possível aproveitar algum item do ano anterior, e se falta comprar algum. Encapar livros, etiquetar o material e organizá-lo na mochila. Eles adoram participar desta atividade e é importante ensinar desde cedo essa responsabilidade de cuidar das coisas deles.

Liberando espaço: aqui cada um tem um espaço no quarto para guardar as apostilas e todo o material que vai e volta para a escola todos os dias. Este espaço precisa ser liberado e o material anterior doado ou reciclado (é claro que a gente sempre quer guardar uma coisa ou outra como lembrança, mas sabemos que vai ficando impossível guardar todo material que eles já utilizaram).

Volta à rotina: normalmente as crianças ficam com os horários bagunçados nas férias, então é bacana fazer um esquema para que os horários passem a se aproximar dos horários habituais de rotina em período de escola. Aqui estamos tentando fazê-los acordar e dormir um pouco mais cedo a cada dia, até o fim da semana para não ficarem exaustos no primeiro dia de aula e evitar o “choque de rotina” rs.

Estabelecendo os horários de lazer e tarefas na volta a rotina: é claro que a gente quer que eles aproveitem e curtam muito os últimos dias de férias, mas é interessante já ir conversando sobre a limitação dos horários livres, e os horário de cumprimento de tarefas que devem voltar a funcionar direitinho quando as aulas voltarem. Aqui nós já voltamos com dois horários habituais da rotina deles, o horário de leitura e o de estudo de música.


E é claro, também aproveitem os últimos dias para brincar e fazer atividades bacanas com eles, e fiquem sempre de olho nas nossas ideias de brincadeirasexperimentos, e atividades aqui do blog.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Séries do Netflix para assistir com as crianças

Eu adoro assistir séries, e vira e mexe os meninos aqui perguntam o que estão vendo e perguntam se podem ver também, mas na maioria das vezes não são indicadas para crianças,e quando assistimos observamos que não são mesmo rs. Então reuni algumas series que estão no Netflix e são bacanas para assistir em família:


Desventuras em série: esta série que estreou este mês no Netflix é baseada nos livros de Lemony Snicket e conta a trágica história dos irmãos Baudelaire. Nós adoramos a primeira temporada, a série tem aquele ar misterioso no estilo Tim Burton, tem humor, tem diálogos inteligentes, irônicos e encantadores, tem as artimanhas do vilão fanfarrão o Conde Olaf, que vai fazer de tudo para se apoderar da fortuna dos órfãos (destacando a bela atuação de Neil Patrick Harris). As crianças são geniais e a bebezinha Sunny é a cerejinha do bolo. A censura é 12 anos, mas dá pra assistir com crianças menores contanto que não se impressionem facilmente (não há nada muito trash, nem sangue, mas há algumas mortes na trama).


Caçadores de Trolls: série animada cuja a história gira em torno de Jim, que com ajuda de seus amigos vai lutar contra os trolls malvados para defender os humanos e os trolls do bem. Os meninos começaram a ver sem mim, agora to atrasada rs, mas eles adoram rs. Censura livre.



Supergirl: é difícil encontrar uma série de herói com censura inferior a 12 anos, mas esta é de 10 anos, e estou vendo justamente com meu filho de 10 e estamos curtindo (estamos na primeira temporada ainda). Conta a história da personagem Kara, que foi enviada a Terra para cuidar do seu primo, o Superman. Vive anos como uma pessoa “normal”, mas alguns acontecimentos levam Kara a revelar seus poderes e tornar-se uma super heroína através da identidade de Supergirl.

E vocês, assistem alguma série com as crianças? Sugiram aqui pra gente!
Abraço!

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

5 apps engraçados para as crianças se divertirem nessas férias

Criançada de férias ainda, certo? E para os que não estão viajando sei o quanto é difícil inventar mil atividades para entretê-las nesse período. Aqui no blog você encontra várias coletâneas de atividades de férias com muitas ideias de brincadeiras, mas é claro também tem sempre aquele momento que eles gostam de ficar no tablet. E hoje minha seleção não é de jogos educativos, mas sim de aplicativos engraçados e divertidos para as crianças brincarem e rirem muito! (e nós pais também, por que não?) São a cara das férias, veja:

MSQRD: sabem aqueles filtros divertidos para selfies do snapchat? Seu filho (a) não precisa ter acesso ao snapchat para se divertir com essas máscaras, esse app MSQRD tem várias opções bacanas e não precisa estar online para brincar. Eles se divertem aqui e tiram várias fotos engraçadas. Gratuito para android e IOS.


Talking Ginger: este vocês devem conhecer, com certeza , agrada bastante as crianças bem pequenas, mas na verdade ele diverte todas as idades, usam há muito tempo aqui em casa. Você ajuda o gatinho Tom a fazer várias tarefas, e ele repete tudo que você diz com aquela voz aguda de robozinho rs. Quando eles ligam o treco perto da gente eo gatinho começa a nos remedar, irrita um pouco, confesso, mas eles se divertem rs. App gratuito para android e ios.


AutoRap by Smule: esse é o que mais nos divertimos por aqui, é realmente muito engraçado. Você fala uma frase qualquer e grava no app, por exemplo: “Hoje almocei arroz, feijão e macarrão” e ele vai remixar e fazer um rap com essa frase. Fica hilário, os arranjos são demais! É gratuito.


FaceUp: esse vai ser o que mais aproxima de um joguinho pois você vai brincar com mais uma pessoa. O app propõe profissões e situações que você deve expressar através de uma selfie, e seu companheiro deve adivinhar do que se trata, é um “selfie game”.  Também gratuito.


iFunFace: com ele você tira uma selfie, seleciona seu rosto e pode criar uma animação divertida com sua “carinha”, dá até para colocar uma música e fazer a cara mexer e boca dublando, é bem engraçado. App gratuito.

É isso, quem tiver mais sugestões de app engraçados e divertidos deixe aqui pra gente, por favor! E boas últimas semanas de férias para a criançada aí! Abraço!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Casinha de bonecas com caixas de papel


Semana passada minha afilhada Maria Nina, de 6 anos, veio passar um tempo comigo, então a chamei para fazer um projeto que sabia que ela iria amar: uma casa de bonecas.
Para isso, usemos caixas de presente de papel cartão que recebo com press kits, mas também fica bacana com caixas de papelão e caixas de sapato de diversos tamanhos.
A ideia é utilizar uma caixa maior, não muito funda, e outras caixas menores (da mesma altura) que você vai colocar dentro para delimitar os cômodos.
Em casa, só tínhamos uma caixa menor que coincidiu com a altura da maior, então para fazer mais um cômodo, colei com cola quente, uma ripinha de madeira para fazer o piso do segundo andar.
 Para o fundo dos cômodos usamos papeis de presente, origami, e de decoupage, tudo claro que já tinha guardado aqui. E para decorar usamos alguns mini móveis de madeira que tinha da época que fazia quadrinhos, mas a maioria foi improvisado com caixinhas e tecidinhos. Decoramos também a tampa da caixa maior usada para guardar a casa.
Na brincadeira entraram pecinhas e bonecos de playmobil, mas ela já estava planejando fazer da casa o lar das bonecas Pollys que têm em casa. Os meninos também ajudaram, é claro! E Nina amou sua nova casinha!
Este post não é propriamente um tutorial, mas uma ideia de atividade simples e bacana para fazer com as crianças que certamente vai agradar muito!

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Sobre a mãe perfeita que NÃO serei neste ano

Quando nos tornamos mãe, esse substantivo já passa a ser nosso nome oficial, e quando além disso, você também escreve num “blog de mãe”, ele parece estar carimbado na testa com entrelinhas subentendidas: Você precisa ser uma mãe perfeita!  Este post já estava esboçado na minha mente, e depois que assisti a comédia BAD MOMs (Perfeita é a mãe!) no Netflix, tive a certeza de que precisava escrevê-lo!
Eu não fui uma mãe perfeita no último ano que passou, e possivelmente também não serei uma neste ano!

Provavelmente passarei momentos maravilhosos com meus filhos, momentos divertidos, momentos de emoção e aprendizagem, mas no instante seguinte haverá sempre aquela chance de baixar o Darth Vader, que vai mandá-los catar toda a bagunça no auge da diversão, vai chamar a atenção porque ouviu respostas mal educadas, ou porque não ouviu respostas (e certamente farei tudo isso gritando, sim... sorry!)

Por muitos dias deste 2017 serei uma mãe irada (espero!), maravilhosa, “da hora”. Vou fazer atividades, brincadeiras, jogos, experimentos, e com sorte irei ouvir bastante “mãe, você é demais!” E postaremos muitas fotos felizes, exatamente como estaremos nos sentindo naquele momento! Em outros dias, deixarei eles excederem o limite de tempo jogando vídeo game, simplesmente porque terei muitas coisas pra fazer (Ou até, pasmem! Porque esterei vendo coisas inúteis na internet), e me sentirei um pouco culpada por alguns minutos em alguns destes dias, em outros não...

Também haverão dias que irei decepcioná-los, que irei “cortar o barato” mesmo! Vou proibir, vou tirar coisas, vou dizer não não não, parem agora, ou “vocês não têm consideração”. “E certamente vou ouvir:  “mãe, você é chata” ou “mãe, você não gosta de mim”, aquelas frases que a gente ouve que parecem  indicar que estamos sendo “boas mães”. Também vou errar muito e cometer injustiças, defender o irmão errado no fim das brigas, porque, né?  Nem terei a imparcialidade da deusa Têmis, nem a sabedoria do rei Salomão...

O mito deste modelo materno da mãe perfeita, benevolente, roboticamente justo, doce e de voz amena parece já estar devidamente dissolvido por todos nós, mas o que ainda nos assombra é aquela culpazinha por ter tido um dia de péssima mãe, ou péssimo pai. Aquele diazinho que nos dedicamos à função só pela metade, ou até por bem menos, dias que parecemos estar lá do lado deles, mas na verdade não estamos...
Então sugiro a vocês: tendem diminuir essa culpa, e isso será libertador! Nesses últimos tempos, tenho conseguido diminuir esse assombro, e eles também parecem entender que essas oscilações fazem parte da rotina, e que por diversas vezes eu não vou ser a mãe que gostaria de ser naquele momento.

A busca pela perfeição é uma prisão sem fim, ainda mais hoje em dia com tantas cartilhas e métodos ditando regras para se criar filhos. Seja uma ótima mãe hoje, uma “mãe irada” de vez em quando, e se amanhã você estiver cansada, seja uma mãe mais ou menos! E daí? Todos sabem que não é um ofício fácil, nem assim tão gratificante assim quanto dizem as mensagens românticas. E tenho plena certeza que esses dias de “Bad moms” jamais arruinaram toda uma trajetória de amor e dedicação que temos para com eles, educando, cuidando, nos preocupando, orientando, acolhendo, ensinando e entregando o mais puro sentimento que existe dentro de nós.

Liberte-se deste mito, pois como eu já disse aqui diversas vezes, aquela foto da família linda e sorridente na rede social, foi precedida de uns berros porque um irmão não parava de beliscar o outro
.
E claro, continuarei postando nossas brincadeiras, experimentos, e craftices para inspirar todos vocês a terem pequenos momentos maravilhosos em família, porque tenho certeza que serão estes que ficarão para sempre na memória. E também porque ser “mãe irada” às vezes é demais!
Um ótimo 2017 para todos!
Logo estamos de volta e enquanto isso, revejam nossas coletâneas de atividades e brincadeiras para as férias.

Ah, e assistam essa comédia Bad Moms no Netflix, não é uma super comédia, mas é divertida e bem identificável (existe essa palavra?).

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Rabanadas de laranja

Eu amo rabanadas! Mas confesso que só lembro que elas existem nessa época, e quando vi que os meninos sem lembravam do que se tratava resolvi fazer para o café!
Testei essa versão com laranja, e assei ao invés de fritar (eu prefiro frita, é claro, mas não estava a fim de sujar meu fogão só por hoje rs)
Numa tigela misture:
2 ovos
Suco de 1 laranja
3 colheres de sopa bem cheias de açúcar (usei demerara)
 1 colher de café de essência de baunilha.
Mergulhe as rodelas de pão (cerca de 3 cm de espessura) até que fiquem bem embebidas na mistura e deposite numa assadeira untada (se for assá-las), se for fritá-las deixe escorrer um pouco. Assei em forno médio por 15min. Depois foi só salpicar açúcar e canela por cima e estavam prontinhas! Os meninos adoraram (imagina quando comerem elas fritas rsrs)


Desejamos um Feliz Natal , cheio de luz e amor para todos vocês leitores e amigos do blog! Voltamos em breve e enquanto isso acompanhem sempre nas nossas redes, no Instagram, e na Fanpage do FB

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Especial de férias: atividades e brincadeiras bacanas com lápis e papel

Neste especial de férias reuni ideias de atividades para fazer com as crianças usando apenas lápis e papel:

1. Imprima fotos e desenhos em branco e preto e peça para as crianças pintarem bem colorido, no estilo pop art, veja mais neste post.

2. As crianças adoram brincar de agentes secretos, então dê aqueles uma tabela com códigos e peça para escreverem uma mensagem secretas (imprima a tabela aqui)

3. Sabe aquela brincadeira de contornar as mãozinhas das crianças? Elas podem criar um efeito quase 3D no desenho fazendo linhas horizontais curvas, veja mais detalhes neste post.

4. Lembra daquela brincadeira da sua infância, unha de gato (ou abre e fecha)?  As crianças adoram e podem inventar o tema que quiserem (daqui)

5. Essa atividade é para estimular a união entre irmãos, onde eles precisam escrever 5 qualidades de cada um no papel e dá pra fazer com amigos e outro membros da família, as respostas são surpreendentes!

E é claro, tem também as brincadeiras clássicas de papel e lápis que todos nós conhecemos: jogo da velha, stop (ou adedanha), jogo dos pontinhos, forca, detetive, etc...

Abraço e boas férias para a criançada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...