terça-feira, 30 de junho de 2015

Pequenos cientistas 17: bússola caseira

É bem provável que você já tenha feito o experimento de hoje na escola quando criança, mas acho que ele nunca perde seu encanto, e como encontramos essa sugestão na apostila de geografia do meu mais velho e não hesitamos em testá-la. Para fazer a bússola caseira você só precisa de uma agulha, um pedaço de rolha ou isopor, fita adesiva, um imã (usamos de geladeira) e um bacia um vasilha com água. Cortamos a rolha ao meio e magnetizamos a ponta a agulha passando algumas vezes sob o imã (no caso se a criança for fazer essa parte, tome muito cuidado, sempre supervisionando) depois prendemos a água no meio da rolha com a fita adesiva. Colocamos então a rola na água para boiar.
Vocês vão ver que não importa a direção que a colocamos, ela vai girar e quando se estabilizar a ponta da agulha vai sempre indicar uma mesma direção, que é a direção Norte. Isso acontece porque a agulha magnetizada se torna um imã e acaba se alinhando com os polos geográficos (você pode conferir na bússola do celular caso não tenha uma. 
 Agora os meninos já sabem se orientar aqui dentro do nosso Ap hehe. Nós curtimos e é muito simples, quem fizer conta pra gente! Um abraço!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Organizando a casa: dica para as ervas e temperinhos

Olá, queridos! Ando sumida tentando organizar um pouquinho minha casa. Confesso que andava meio relaxada nas arrumações do meu apartamento porque eu ficava pensando que já pretendíamos nos mudar em alguns anos não valeria a pena se preocupar com o AP. Mas, espere! Isso não condiz com minha filosofia de vida de: viva o hoje, seja feliz agora! Então me animei a arrumar as ervinhas e temperinhos secos que estavam entulhados em saquinhos como são vendidos a granel. Tá, eu sei que tava nojento... Vergonha, gente! Mas aqui é vida real, e nunca é tarde para encontrar uma solução. Sabem aquelas garrafinhas que vendem em casas de festas para lembrancinhas de festinha infantil? (tema pirata?), pois elas custam R$0,80 cada e não é que ficam bacanas armazenando as ervinhas?! Dá um ar “caldeirão de bruxa” que eu adoro. As etiquetas eu achei para imprimir gratuitamernte nesse site. Eram para ser pretas, mas como a tinta da minha impressora tá acabando, ficaram meio roxas e no final sabem que eu gostei? (#pobreOtimista)

Que tal? Melhorou bastante, não? Abraço!!

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Parque Astérix e Cidade da Ciência (Paris com crianças 3)

E finalmente, os dois dias que fizemos passeios especiais para as crianças (e todos curtiram também) Vocês não vão acreditar, mas quando nós perguntamos aos meninos se eles preferiam ir a Disneyland Paris ou ao Parc Astérix, eles escolheram o Astérix (esquisitos meus filhos rs?) Eu não conheço a Disneyland então nem posso comparar, mas o Parc Astérix eu e o Lu já conhecíamos da época que moramos lá e sabíamos que seria bacana.
O parque é muito fofo, tem atrações para os pequenos e também tem brinquedos mais radicais e montanhas russas muito doidas (eu não fui porque morro de nervoso, mas o Thierry foi com o pai, tem altura indicativa na entrada de cada uma).
 Tem diversas lojinhas com coisas fofas pelo parque todo com vários objetos, brinquedos, livros e roupas do Astérix. Restaurantes e lanchonetes para você comer bagettes, crepes, sorvetes ou gaufre (wafles). Uma curiosidade boa é que o preço das comidas/bugigangas lá dentro não é maior do que em outros lugares de Paris, e pra quem não fala francês percebi que todos os funcionários falam inglês. Os shows e espetáculos são bem divertidos. O ingresso para o parque custa 35 euros, acho que vale muito a pena, até o vovô e a vovó se divertiram com os meninos lá! Pegamos o ônibus para ir ao parque no estacionamento do Museu do Louvre.
Hum, o gaufre com nutella é demais. E esse bote da última foto parece tranquilo, mas ele fica radical, a gente se molha bastante mas foi bem divertido, não é mãe rs?
Outro passeio bacana para eles que fizemos foi a visita a Cidade da Ciência e da Industria (Cité de la Science et de l’Industrie). Nós também já conhecíamos mas algumas exposições mudaram. No prédio principal você encontra exposições permanentes e temporárias, todas interativas com os seguintes temas: cérebro, genética, energia, som (o mais legal), transportes, espaço, matemática, etc... Tudo com joguinhos e hologramas curiosos que não só as crianças curtem, como nós também. Também tem atrações a parte, como o planetário, jogo de luzes e um submarino de verdade que você pode conhecer por dentro. A Cité de la Science fica no metrô 7 Porte de La Vilette (perto de onde nos hospedamos).
É isso gente, acho que resumi um pouco nossa viagem pra vocês, espero que as dicas tenham sido bacanas. E que todos que sonham conhecer/retornar a Paris e redondezas possam realizar em breve!!! (yes, we can! Sim, nós podemos! Oui, nous pouvons!) Bisous à tous!

PS: mais dicas de Paris com crianças no Paris des Petits

terça-feira, 16 de junho de 2015

Paris com crianças (parte 2)

Continuando o relato da nossa viagem em família, esses foram os demais passeios que fizemos em Paris: 
Museu do Louvre: Nós sabíamos que para ver todo ele seria preciso pelo menos uns dois dias inteiros, como eu e marido já conhecíamos, priorizamos alas que as crianças iam se interessar mais, como o acervo egípcio e pintores italianos (os meninos nos surpreenderam com tamanho interesse, nos alertando a detalhes que jamais iríamos notar e cansavam menos que a gente).
Passeio de barco no Sena: esse foi um dos meus passeios preferidos, se você fosse ficar apenas algumas horas em Paris e tivesse que escolher um passeio eu recomendaria esse! Porque você vai ver vários pontos turísticos de uma vez, e é muito agradável. Há várias opções de barcos a diversos preços, com refeições inclusas ou não, nós escolhemos a Vedette da Pont Neuf, que achamos um bom custo benefício.
Château de Versailles: Fomos até ele, mas só entramos no jardim (marido e eu já tínhamos visitado bastante quando moramos lá), estava muuuito lotado, e não tivemos coragem de enfrentar a fila infinita. Mas o jardim já vale a pena, principalmente para as crianças. É uma boa caminhada para conhecer ele todo, mas tem carrinho de golpe para alugar para quem quiser (nós gastamos as solas de sapato mesmo rs)
Parc Floral de Paris: num período que eu e meus pais fomos bater perna na Rua Rivoli (rua de comércio ao lado do Hotel de Ville), o Lu meu esposo levou os meninos no Parque Floral de Paris, um lugar muito legal para visitar com crianças (é o jardim botânico de Paris). Fica no Bosque de Vincennes, metrô 1 Chateau de Vincennes (o castelo fica em frente ao parque o castelo e vale a pena visitar)
No parque floral e de volta ao Hôtel de Ville, onde nos reencontramos naquele dia
Parc Asterix e Cité de lá Science: Esses foram os passeios inteiramente dedicados as crianças ( e é claro todo mundo se divertiu também), vou mostrar tudo no próximo post!
À bientôt!

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Paris com crianças (sim, é possível!) Parte1

Sim, nós fomos pra França! Essa viagem foi esperada e planejada por muito tempo, desde que morei na França há 15 anos nunca tinha voltado, e finalmente conseguimos retornar levando as crianças e também meus pais (no período que morei lá minha mãe ficou doente e eles não conseguiram me visitar, por isso a alegria em dobro em termos ido todos juntos desta vez) A viagem não foi direcionada exclusivamente as crianças, fizemos todos os passeios turísticos que meus pais queriam conhecer e que nós gostaríamos de rever. E acreditem? Eles curtiram tudo, inclusive os museus (às vezes eu já estava cansada, mas eles estavam lá vendo cada detalhe e eu jamais notaria) 
Eis alguns passeios que fizemos os primeiros dias (ficamos 9): 
Torre Eiffel e Arco do Triunfo: passeamos ao redor do champs de mars e subimos na torre (eu não curto subir na torre, mais uma vez subi e não curti, mas as crianças gostaram) Museu dos Inválidos: foi bastante cansativo e achei um pouco entediante ver salas e salas de armas e armaduras de guerra, mas os homens curtiram (inclusive os minis)
Mont Saint Michel na Normandia: durante 2 dias alugamos um carro, saímos de Paris e fomos até a Normandia (sonho do meu pai). A viagem é um pouco cansativa, cerca de 3,5h, mas pra ver o Mont Saint Michel vale a pena, é muito lindo! Perto dali, paramos num pequeno restaurante e saboreamos uma galette, e a cidra de pera típica da Normandia. Na volta paramos em Arromanche les bains, uma linda cidadezinha que foi escolhida pelos aliados como porto de desembarque na segunda guerra.
Reims: No segundo dia com o carro fomos até Reims, região onde a Champagne é produzida na França. Fizemos a visita guiada na Taittinger (com degustação Oh La La) e visitamos a catedral Notre Dame de Reims que é muito bonita (e bem mais tranquila para visitar do que a de Paris). OBS: as visitas as caves precisam ser agendadas anteriormente.
Em cima no Mont Saint Michel, ao lado provando a galette e a cidra. 
Em baixo, a catedral de Reims e na cave da Taittinger
Montmartre e Sacre Coeur: passeamos pelo Montmartre, típico e boêmio bairro parisiense, passamos tomar um sorvete e café no Les 2 Moulin, o bar do filme Amélie Poulin e também subimos de bondinho até a Sacre Coeur.
Vou mostrar outros passeios nos próximos posts (incluindo os que fizemos direcionados as crianças), mas desde já deixo algumas dicas para você que vai a França e vai levar crianças:
Companhia aérea: fomos pela KLM na ida e Air France na volta (nossa preferida)
Hospedagem: nós alugamos um apartamento, achamos que ia ser melhor para as crianças e também acabou ficando mais barato. Encontramos um apartamento espaçoso, mobiliado e simpático no site da Airbnb. Esse site é muito bom para encontrar hospedagem no mundo todo e bem seguro.
Banheiros: Há muitos banheiros públicos espalhados por Paris, mas às vezes eles não estão ao lado de onde você está, principalmente se tratando de crianças que quando avisam que precisam já estão apertados. Então, ao encontrar um banheiro nos pontos turísticos, ou antes de sair de casa, incentive-os a fazer xixi mesmo sem vontade. (desde a época que eu morei lá eu sofria com essa história de banheiro, pois não é como no Brasil que você entra numa loja ou lanchonete e pede para usar o toilette, quase sempre eles não estão disponíveis para as pessoas)
Restaurantes: Como ficamos em apartamento muitas vezes nós cozinhávamos lá, mas também comemos bastante fora. Passamos alguns apuros em alguns restaurantes com as crianças, não pela comida, mas pela tensão de não poderem se comportar como crianças, numa mesa apertada cheia de taças. Um que adoramos e indicamos como Kids Friendly é o Léon de Bruxelles, que é uma rede espalhada por toda a França. Também fomos ao restô universitário (da cité universitaire) para matar as saudades da época que estudamos lá, e também foi bacana para as crianças.

O relato da viagem continua, e lembrando que se você pretende ir para Paris, o site Conexão Paris dá muitas dicas bacanas, e o Paris des Petits, dá ótimas dicas para quem vai com os pequenos.
Abraço e até breve!

terça-feira, 9 de junho de 2015

4 DIYs para uma decor divertida

Olá leitores e amigos queridos! Estivemos sumidos, numa mini férias fora de época, mas já estamos de volta! Fizemos uma viagem incrível e vou contar tudo pra vocês no próximo post! Enquanto organizo tudo por aqui, queria deixar essa seleção que fiz com posts aqui do blog juntando ideias "Faça você mesma" do blog para uma decoração divertida numa casa com crianças (ou não rs)


Grande abraço e até breve!

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Top 5: brincadeiras mais visitadas no blog


Estamos na Semana Mundial do brincar, e se é uma coisa que nós aqui gostamos de fazer é inventar brincadeiras. Enquanto não compartilhamos algo novo, deixamos para vocês as 5 brincadeiras mais visitadas do blog, caso você não tenha visto alguma ou queira lembrar para fazer essa semana:
 Nossas brincadeiras são apenas sugestões para vocês brincarem com eles caso eles curtam a ideia! Porque para uma brincadeira ser divertida a criança não precisa necessariamente ter um enredo, ela pode inventar qualquer coisa com uma bola, com palitinhos da mesa do restaurante, ou imaginar desenhos vendo as nuvens do céu! 
Grande abraço!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...