quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

DIY Pokebola de natal



Se no final deste ano não fizéssemos esse DIY para nossa árvore customizada nada faria sentido rs! Para fazer a bola de natal pokebola usamos uma daquelas bolas transparentes que abrem (vende em lojas de artigos para festas e custa cerca de 1 real), fita de cetim estreita preta, e botões branco e preto. Uma observação, esta bola de acrílico que comprei tinha a alça para pendurar no mesmo sentido da abertura, eu quebrei e colei na parte de cima com cola quente para a divisão ficar no sentido da pokebola.

 Para pintar é só jogar um pouquinho de tinta acrílica por dentro de cada metade da bola, e agitar levemente para que cubra toda a superfície (se precisar diluía um pouquinho a tinta).

Descarte o excedente de tinta e deixe secar. Depois é só unir as metades e colar uma fitinha de cetim preta no meio, e em seguida, cole (com colar quente ou super cola) um botão preto maior, e em cima dele, um botãozinho branco menor para finalizar sua pokebola. Usei botões para dar um ar “crafty”! Tá, é mentira, usei porque não achei nada melhor mesmo rs!
Os meninos aqui curtiram, e se você quiser pode pra colocar um pokemonzinho dentro!!

Abraço!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Sobre amor, proteção, e criar filhos para o mundo

Malas prontas para seu primeiro passeio sem a família!

Sabe aquela frase clichê que a gente solta assim que nosso primeiro filho nasce: “Agora sim eu entendi minha mãe...” Sinto em desconstruí-la, mas a verdade é que naquele momento ainda estávamos bem distantes de compreender todo amor e as angústias de nossas mães. Estávamos sim, tomadas por muito um amor imenso e pelo maior encantamento, maior plenitude e senso de proteção que já tivemos na vida. Porém, entender mesmo, a gente só entende quando aquela outra frase clichê é subitamente atirada no meio da nossa cara: Precisamos criar filhos para o mundo!

Há uma semana meu filho mais velho foi para o seu primeiro acampamento com os colegas da escola! Estava ansioso e eu contente, pois sabia o quão divertido e inesquecível aquela experiência seria para ele. Foram só 3 dias, e como confio muito no senso de responsabilidade deste meu filho, e me considero uma mãe parcialmente liberal e segura, pensei: vai ser moleza! Mas não foi tão moleza assim... Incentivei, sorri e acenei dando “tchauzinho” para o ônibus, mas por dentro latejava aquele apertozinho no peito (na verdade, penso esse aperto de angústia se localiza mais especificamente nas laterais do pescoço, concordam?)... E durante aqueles três dias, esqueci-me dele por alguns momentos, é claro, e aproveitei para dedicar um tempinho de entretenimento com meu caçula, mas a preocupaçãozinha estava sempre ao meu redor, e a noite, ah, as noites foram longas a pensar se por lá estaria tudo bem...

 Lembrei-me da minha mãe, que por diversas vezes deve ter passado por momentos parecidos, mas não deixava transparecer para não me preocupar, ou tentar impedir que eu vivesse experiências que seriam importantes na minha vida. Lembrei-me de quando ela me deixou no aeroporto quando passei um ano em intercâmbio na França, quando mesmo sem ter a certeza de que eu deveria mesmo ir ela nunca disse “não vá!” E de quando retornei, e ela não foi me buscar naquele mesmo aeroporto porque estava se recuperando de um câncer, que não haviam me contado pra que não me preocupasse enquanto estava longe... Isso me marcou muito e ficou uma feridinha lá no peito porque mesmo sem ter culpa, me senti culpada por não estar perto dela naquele comento difícil. 

Preciso confessar que este post era pra ter um outro rumo, o de comparar as dificuldades de se criar os filhos para o mundo antigamente com as de hoje em dia, mas enfim, todo sentimento me levou a falar novamente sobre o amor de mãe. Sobre esta coisa doida de sorrir, acenar e limpar a lagrimazinha rapidamente, mesmo que por dentro predomine o medo, as angústias e preocupações. Porque queremos que eles vivam experiências que os humanizem, os ensinem, os fortaleçam, os divirtam, os façam amar a vida e respeitar as pessoas, e nos ajudem a os prepararem para o mundo, mesmo não estando prontas para entregá-los a ele. 
Acho que quanto mais o tempo passa, mais eu entendo minha mãe, e a agradeço cada vez mais por tudo!

terça-feira, 29 de novembro de 2016

DIY Fantasia Nutella (e dicas para ter ideias que unam criatividade e sustentabilidade)


Hoje gostaria de não apenas dar a ideia deste DIY de fantasia craft, mas também falar um pouco sobre criatividade x sustentabilidade
Quando penso, por exemplo, numa fantasia craft criativa, também procuro me planejar para aproveitar ao máximo os materiais que já possuo em casa, afinal de contas, se a gente precisa comprar um monte de material para fazer uma fantasia, a empreitada do “faça você mesmo” acaba não compensando tanto, apesar da satisfação em fabricá-la. Ainda mais se tratando de um item que será bem pouco utilizado como uma fantasia. 

 E como fazer então para unir criatividade e sustentabilidade?
 Pode parecer a coisa mais boba e mais óbvia do mundo a dica que vou dar, mas como dizia meu antigo professor de matemática “nem tudo que é óbvio é evidente” (beijo Francis, já te citei diversas vezes neste blog rs). Eis aqui o macete: Eu tinha em casa pedaços de TNT marrom e preto, e retalhos feltro em diversas cores, e queria fazer uma fantasia que aproveitasse esses materiais. O TNT e o feltro são materiais que eu geralmente utilizo para fazer fantasias por serem baratos e fáceis de trabalhar. Então, o que fiz foi buscar inspirações de fantasias no Google e no Pinterest com as palavras chaves: fantasia, TNT marrom, feltro, e também buscas com estas mesmas palavras em inglês. Aí encontramos a ideia da “fantasia de Nutella” que de cara meu filho adorou (não é publi da marca tá gente rs).

Usei uma camiseta grande como molde para cortar e costurar um “regatão” de TNT, deixando um corte atrás para a cabeça. Depois costurei um retângulo de feltro branco,  e colei nele todo o desenho do rótulo da marca em feltro colorido (por sorte não precisei comprar nenhuma cor).
Meu filho ficou super feliz e não é que ganhou o concurso de fantasias da festa do acampamento?
Criatividade é inovar, inventar, e também fazer tudo isso aproveitando o que você já tem em mãos!

Abraço e muitas ideias criativas para vocês!

PS: Este post não é um publieditorial da marca citada, todos os publiposts do blog são sinalizados e transparentes em respeito a todos estimados leitores.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Enfeites de Natal com Lego

Ontem eu e o Matheo brincamos de lego, e resolvemos tentar fazer coisinhas com o tema Natal. Eis o que conseguimos fazer:

Para fazer nosso papai noel, nos inspiramos no Tutorial abaixo, daqui.

Um mini presépio (tem que imaginar um pouco, tá gente rs?)
E nossa arvorezinha:


No pinterest tem vários boards com ideias de enfeites de Natal feitos com lego, nós nos inspiramos em alguns, mas é claro, não é possível fazer todos por temos restrições de tamanhos e cores de peças. O único problema é que a gente fica achando que tá com pouco lego e precisa de mais rs. 
Vale a inspiração, e acho que ficaria linda uma árvore geek cheia de enfeites de lego, vou amadurecer a ideia ;-) Abraço!

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Brincadeiras divertidas com bexigas

Uma vez vi essa brincadeira para crianças maiorzinhas numa monitoria de um Hotel Fazenda e pensei que seria bem divertido fazer em casa com os meninos, já que adoramos bexigas. 

 Você vai precisar de bexigas e camisetas grandes, e pode brincar de três maneiras, sendo que as duas primeiras demandam um espaço ao ar livre com grama, não tentei fazer em casa por medo de que pudessem se machucar.

1. Encher as camisetas da mesma quantidade de bexiga e quem estourar todas as bexigas primeiro ganha, vale se jogar no chão ou estourar com as mãos, sentar, etc... 
2. Encher as camisetas de bexigas e você precisa estourar as bexigas do companheiro, abraçando, apertando e quem estourar todas as bexigas primeiro perde. 
3. Ver quem consegue colocar mais bexigas dentro da camiseta. (nós praticamente só fizemos essa porque o espaço na minha sala é pequeno e poderiam se machucar)



E aí, gostaram? Não vejo a hora de fazer a brincadeira completa num gramado com uma boa galerinha! Os meninos gostaram!

Veja aqui mais ideias para brincar com bexigas

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Ideias DIYs para o Halloween

Embora não faça parte originalmente da nossa cultura, eu adoro o Halloween, as fantasias, os doces, a decoração dark e assustadora, e toda essa vibe “Thriller” rs. 
Hoje reuni algumas ideias de DIYs aqui do blog que podem ser úteis nesses últimos dias pré halloween: 

Fantasias 
É bem fácil fazer uma fantasia improvisada de Harry Potter, e o cachecol amarelo e bordô é um item indispensável.

Dá também pra fazer um chapéu de bruxa baratinho com TNT

Para a decoração, que tal essas mini luminárias fofas de fantasminhas, feitas com bolinhas de ping pong?

E para o lanche, recomendo essas balas de minhoquinhas de chocolate branco, são deliciosas (que também podem ser colocadas em saquinhos para distribuir para as crianças).
Abraço e feliz Halloween!

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Torta de legumes do Pinterest

 Vi essa torta diversas vezes no pinterest, e queria tentar fazer primeiro porque achei linda, e também um belo incentivo para acrescentar esses legumes na refeição das crianças de uma forma divertida. Fiz então, uma adaptação da receita do blog Buona Pappa.
Ingredientes:
Massa folhada (eu usei a pronta mesmo congelada)
Creme de ricota
2 cenouras médias, 2 abobrinhas médias e 3 berinjelas pequenas.
2 ovos
3 colheres de parmesão ralado.
100g de mussarela ralada
Sal e temperinhos a gosto (usei noz moscada, pimenta do reino e orégano)
 Forre uma forma redonda, cortando e moldando a massa folhada. Coloque um papel ou plástico especial para forno sob a base superior da forma, e coloque com alguns grãos por cima para fazer peso (etapa importante para que a massa não estufe na base). Asse em forno médio por 15min. Retire o papel com os grãos e cubra o fundo da massa com o creme que você preparou misturando os ovos, o creme de ricota, os queijos e temperos.
Fatie os legumes na vertical, formando tiras fininhas, coloque numa travessa de vidro e leve ao microondas por 1,30min (isso vai facilitar para enrolá-los, apesar de que com a cenoura não consegui fazer os espirais certinhos). Faça os espirais de legumes e vá colocando sob a forma por cima do creme, cobrindo toda a superfície.  Se desejar pincele azeite por cima. Asse em forno médio por 40min.
Gostaram? Aqui em casa todos aprovaram! Abraço!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...