quarta-feira, 16 de abril de 2014

DIY Saquinhos de páscoa

Neste fizemos nossas lembrancinhas de páscoa inspirados na ideia do Oh Happy Day. Porém, fiz algo ainda mais singelo, aproveitando os saquinhos de mini cachorro quente que eu tínhamos em casa, sobra de festinhas de aniversário.
Para fazer, é preciso cortar a parte picotada do saquinho, dobrar ao meio e recortar a silhueta da orelha do coelho. Abra o saquinho e corte as orelhinhas da parte da frente, formando a aba do saquinho. Nas orelhinhas de fora, se desejar, cole um fundinho de papel estampado para enfeitar. Então, faça quatro furinhos na base da aba, amarrando primeiro os dois do meio, depois passando pelos de fora para fechar o saquinho (usei fio de rami, mas pode ser uma fita). E voilà!
A Lelê do Eu, ele e as crianças, e a Jana, do Casa de faz de conta, fizeram lembrancinhas lindas de páscoa nesse ano, vale a pena conferir! 
Abraço e Feliz Páscoa pra todos vocês!

segunda-feira, 14 de abril de 2014

DIY: faça um cineminha com seu smartphone

Encontrei essa ideia num vídeo e estava ansiosa para reproduzí-la em casa com os meninos. Sabia que você pode projetar desenhos ou filminhos do seu smatphone, na parede da sua casa, e fazer um cineminha com a criançada?
1. Você precisa de uma caixa de sapato, uma lupa, fita adesiva e um smartphone 
2. Faça um buraco em um dos lados menores da caixa e encaixe a lupa pelo lado de dentro. Fixe com fita adesiva, e se possível cubra os buraquinhos com a fita preta (usei resto de papel contact) 
3. Abra um desenho/filminho no celular e coloque ele no fundo de caixa. Feche a caixa, apague todas as luzes, e teste o foco. Você deve deslocar o aparelho até encontrar o foco, isso vai depender do tamanho da lupa e da caixa de sapato. O meu foi no fundo da caixa. OBS: Não esqueça de inventer a imagem no seu celular para ela não aparecer invertida na parede. (no iphone você instala o botão virtual: Geral -> acessibilidade->assistivetouch-> botão virtual-> dispositivo->girar tela) 
4. Então é só assistir, nós vimos um desenho antigo dos Smurfs. Os meninos adoraram!
Se tiver alguma dúvida e quiser ver o vídeo que originou a ideia, clique AQUI. Quem testar depois me conta como foi, tá? Abraço e ótima semana a todos!

terça-feira, 8 de abril de 2014

Ensaio sobre gratidão (na maternidade e na vida)

    Acho que não há nada mais bonito do que um filho, após uma vitória pessoal ou profissional na vida, lembrar de agradecer mãe.
            Porém, a cada ano que passa (e me adentro nas profundezas balzaquianas dessa vida rs), eu venho pensando o quanto esse sentimento, conhecido por gratidão, pode ser traiçoeiro e frustador, quando ele esperado pela parte do outro.
               Parece difícil para o ser humano, um tanto quanto egoísta já por natureza, impedir esse ímpeto de doar sem pensar em receber, quando na verdade não é nada assim tão complexo. Pois se você fez um bem, um favor, uma doação para o outro, e isso foi um ato voluntário que te trouxe uma satisfação plena e confortável, que te proporcionou um agradável “quentinho no peito”, então na verdade, você não fez isso apenas pelo outro, você também fez isso por você.
               Se na vida, a espera fixa por esse sentimento já te pode trazer tamanho descontentamento, não creio que possa ser diferente em relação da maternidade.
               Seria muito hipócrita e equivocada se dissesse a vocês, que como mãe eu nunca disse nem nunca direi: “Nossa, fiz isso com tanto carinho pra você e você nem ligou...” Sim, nós mães não nos contemos em dizer esse tipo de coisa, mas isso não quer dizer que possamos de fato nos fixar em esperar sempre manifestações de graditão de nossos filhos.
    Me perguntaram uma vez, no desenrolar de um papo sobre reconhecimento, se eu não me arrependeria um dia de ter deixado de trabalhar fora para ficar com os meninos em casa. E minha resposta foi baseada numa análise sincera que fiz antes de tomar tal decisão. Sem mencionar os benefícios incontáveis e vantagens para eles de ter uma mãe mais presente, eu pensei também em mim. Na minha insegurança em deixá-los com uma pessoa desconhecida, na minha incerteza em deixá-los numa escola em período integral, na minha análise de que o meu dinheiro não pagaria toda a tercerização, na minha vontade em ficar com eles, no meu prazer em cuidar da casa. Ou seja, eu também fiz esse opção POR MIM. Então me diga, seria justo “jogar na cara” de uma pessoa algo que nós optamos também pelo nosso próprio benefício?
              Então você pensa que não se deve ensinar gratidão aos filhos? Pelo contrário, eu acho que o sentimento de graditão deve e pode ser aprendido por eles a partir da graditão que você sente por alguém, não pela imposição ou pela cobrança.
               Não acredito em receitas  de felicidade tabeladas, mas acredito que o exercício diário de se desprender de anseios por retribuições alheias possa sim trazer um grande bem estar as pessoas.

               Pense que a gratidão deve vir sempre de você, e se um dia por ventura, ela vier do outro, em sua direção, vier de alguém que você ama incondicionalmente, abrace-a como um travesseiro macio, desfrute-a lentamente, e depois agradeça.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

5 anos do blog

E não que é no dia 7 de abril de 2009 eu escrevia o primeiro post do Fala, mãe! Muito obrigada a todos vocês que curtem nossas brincadeiras, ideias, dicas, passo a passo, receitinhas, e até nossos mimimis rs. Aos leitores antigos e novos, aos que comentam sempre, aos que apenas espiam, a você que vem me contar que fez alguma brincadeira ou executou alguma ideia que viu aqui...Esperamos conseguir retruibuir pelo menos um pouco desse carinho, e esperamos continuar, mesmo que devagar e sempre, a inspirar e compartilhar coisas boas sempre! Grande abraço e ótima semana!!!

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Misturando tudo: bonequinhos (minifiguras) conhecem o mundo da reciclagem

A brincadeira proposta de hoje foi uma iniciativa dos meninos, e na verdade é uma ideia bem comum no universo das crianças: misturar brinquedos industrializados com elementos recicláveis e suas criações. Então fizeram algumas coisinhas para brincar com as minifiguras de lego e playmobil (não é publi, tá gente rs)

Primeiro construiram um cenário de praia com uma caixa de sapato para abrigar os bonequinhos desse tema.
 Depois Thierry fez um navio pirata usando bandejinha de isopor, palito de churrasco e sulfite colorido, e Matheo um foguete de rolo de papel higiênico.
 E por último, usamos uma lata de atum, papel de presente para fazer um mini cenário para o bonequinho  lego Harry potter e seu pombo de ouro (usamos pecinha de bijuteria).
É isso, eis nossas brincadeiras de uma manhã singela e feliz. Espero que possa inspirar por aí! 
Abraço a todos!

sexta-feira, 28 de março de 2014

Biscoito de aveia e açúcar mascavo

Preciso confessar pra vocês que eu sempre tento fazer bolos com ingredientes mais nutritivos como aveia,  farinha integral, para eles levarem de lanche na escola. Mas sabe o que acontece? Os pilantrinhas não comem rs, os bolos voltam e a mãe come tudo rs! Então tentei colocar esses ingredientes num biscoito, e bingo! Acertei na escolha, eles adoraram! Segue a receitinha:
1 xic  de farinha de trigo integral
1 xic de farinha branca
1 xíc de aveia em flocos
1 xíc e ½ de açucar mascavo
1 xíc de manteiga (pode usar margarina light se quiser)
½ colher de chá de bicabonato de sódio
1 pitade de sal e 1 pitade de canela em pó

Misture até homogenizar a  massa e deixe descansar por cerca de meia hora, depois molde os biscoitos da forma que quiser, ou corte com cortadores divertidos. Asse em forno a 200 graus por mais ou menos 20 min. Eles ficam meio moles quando tiramos do forno, mas logo endurecem e ficam crocantes e deliciosos!
OBS: A Paola também deu uma receita maravilhosa de biscoito de aveia lá no Bagagem de mãe, quero testar depois!
Abraço a todos e bom fim de semana!

terça-feira, 25 de março de 2014

DIY: Sr dos controles (e o fim dos controles desaparecidos)

 A criançada aí na sua casa também vive desaparecendo com os controles remotos da sala? ("Não fui eu, mãe!") Amiga, seus problemas acabaram, isso é uma tarefa para: O Sr dos controles.
 Para quem quiser fazer, segue o passo a passo, bem fácil e rápido:
1. Corte dois retângulos de tecido estampado de 32x25cm para fazer a frente e o verso da almofadinha. (no meu caso usei tecidos diferentes para frente e verso)
2. Corte um retângulo menor de fara fazer a bolsinha (25x17cm)
3. Faça uma bainha no retângulo menor e coloque sobre um dos retângulos maiores, Costure no centro para uni-los e formar os bolsinhos (no caso de querer mais bolsos,
é só fazer mais costuras)
4. A cabeça do Sr dos controles vai ser aplicada com o uso do adesivo de patchcolagem (PAP aqui). Use sarja ou algodão branco para essa parte( molde aqui) O bigode da mesma forma, utilize o algodão ou sarja preta. Após a cabeça ser colada na parte de cima do retângulo  maior (+ou- 2cm acima do “bolsinho), borde com linha preta os olhinhos com ponto reto.

5.Costure os dois retângulos maiores no avesso, formando um saco, deixando apenas a parte superior sem costura. Desvire do avesso e enche com a fibra siliconada. 6. Feche a almofada e entregue os controles para o Sr dos controles. OBS: se você não tem máquina de costura, pode fazer o Sr. Dos controles com feltro e costurar com caseado.
Falei pros meninos aqui que o Sr dos controles ficará muito bravo se ele acordar e os controles não estiverem ali com ele kkkk

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...