Preparação para uma festa anos 80 – Polainas e Ombreiras


Em janeiro faço trinta… Quem me conhece sabe que eu não sou mega festeira, mas sempre quis fazer uma festa anos 80. Então, para comemorar meu embalsaqueamento (oi?), quero uma festa a caráter 80, com muito balão mágico, trem da alegria, Madonna, Michael Jackson e aquele rock nacional debochado da pior espécie do tipo “ Eu fui dar mamãe…”
Portando declarei a temporada: Resgatando polainas e ombreiras, balonês, leggings, scarpins e semi baggys. Muito tule e renda na saia… E no cabelo, volume e muito New Wave. Alguns amigos estão me ajudando a resgatar quinquilharias e brinquedos da época para a decoração. Pois eu fui uma menina relapsa e não guardei nada (ah, que saudades das minhas bonequinhas chuquinhas…)
Ao meu redor, quero amigos novos e velhos, de preferência os mais doidinhos para lembrar essa década onde as pessoas só tinham medo do fofão ou da boneca Xuxa.
Tem coisa melhor do que festa com cheirinho de naftalina e infância? Ano que vem não terá grandes eventos para as crianças, só pra mim. E sem culpa! Tá bom, só um pouquinho rs…

Beijos sabor Dip N’ Lik.

Um comentário em “Preparação para uma festa anos 80 – Polainas e Ombreiras

  1. oh vendo este video me bateu uma saudade destes tempinhos bons – cantei muito esta música e dancei muto tb e todas aquelas anos 80 – oh vidinha boa – eu adoro anos 80- festa boa que vai ser a tua! polaina ai ai eu tinha uma toda brilhosa do tempo dancing days- dancei muito em discoteca com luz negra e aquela bola de espelhos que fazia tu sentir ma estrela – ai o máximo! cabelo volumoso – ai nem fale – meu cabelo é liisoooo – e sabe o que eu fazia permanente – só que durava só duas semnaas e caía tudo- e agora inverteu tudo né- tem que ser chapinha- então agora estou na moda – ah com 30 e poucos (cof) não vale_ balzaca é omáximo!
    parabés antecipado balzaca!rsrsrs
    e boa festa – depois posta prá gente rir!
    bjs

  2. Olá Cynthia!

    Estou amando teu blog e fuçando em tudo…hehehe

    Vim parar aqui pela Lucia Klein, do Calma que estou com pressa.

    Nós temos algo em comum: tb me formei na Unicamp, mas em Letras. E tb fiz direito na Puccamp (fazia as duas ao mesmo tempo). Morei 11 anos em Campinas, depois SP, depois trabalhei numa Ong e viajei o mundo.

    com exceção de filhos, temos muito em comum né? :O)

    hoje estou em Marília, minha cidade natal.

    Apareça pra conhecer meu blog tb.

    Beijooooooo

  3. Olá Cynthia!

    Estou amando teu blog e fuçando em tudo…hehehe

    Vim parar aqui pela Lucia Klein, do Calma que estou com pressa.

    Nós temos algo em comum: tb me formei na Unicamp, mas em Letras. E tb fiz direito na Puccamp (fazia as duas ao mesmo tempo). Morei 11 anos em Campinas, depois SP, depois trabalhei numa Ong e viajei o mundo.

    com exceção de filhos, temos muito em comum né? :O)

    hoje estou em Marília, minha cidade natal.

    Apareça pra conhecer meu blog tb.

    Beijooooooo

  4. Cynthia, sempre quis beber o líquido das garrafinhas de coca e nunca tive coragem….hahaha. Será que é coca de verdade? (olha a vontade reaparecendo…rs)

    Eu adorava os amigos que fiz em Campinas, mas da cidade em si nunca gostei. Eu tinha que morar no centro pq cursava direito e a fakul é lá perto dos prédios redondos. Enfim, aquele miolo é muito violento, fui assaltada várias vezes, sofri muito com a violencia de lá, morria de medo de sair…

    Se eu fizesse só unicamp gostaria de ter morado em Barão Geraldo, mais afastado e tranquilo.

    Depois fui morar em Sampa e, comparando com Campinas, é MUITO MENOS violenta. Fiquei lá uns 10 anos e nunca fui assaltada… ironias…

    Interior é bom só pra criar os filhos, pq eu detesto. A atividade cultural se resume a botecos, é muito provinciano, tem muita fofoca. Bom mesmo é Sampa, pq lá ninguém é de ninguém…hahaha.

    Grata pela visita e apareça mais vezes!

    beijooooooo

  5. Cynthia, sempre quis beber o líquido das garrafinhas de coca e nunca tive coragem….hahaha. Será que é coca de verdade? (olha a vontade reaparecendo…rs)

    Eu adorava os amigos que fiz em Campinas, mas da cidade em si nunca gostei. Eu tinha que morar no centro pq cursava direito e a fakul é lá perto dos prédios redondos. Enfim, aquele miolo é muito violento, fui assaltada várias vezes, sofri muito com a violencia de lá, morria de medo de sair…

    Se eu fizesse só unicamp gostaria de ter morado em Barão Geraldo, mais afastado e tranquilo.

    Depois fui morar em Sampa e, comparando com Campinas, é MUITO MENOS violenta. Fiquei lá uns 10 anos e nunca fui assaltada… ironias…

    Interior é bom só pra criar os filhos, pq eu detesto. A atividade cultural se resume a botecos, é muito provinciano, tem muita fofoca. Bom mesmo é Sampa, pq lá ninguém é de ninguém…hahaha.

    Grata pela visita e apareça mais vezes!

    beijooooooo

  6. Olá! Adorei o blog!
    Eu andei meio nostálgica por esses dias tb. Até fiz uma musiquinha de gozação com meus amigos "Eu me lembro bem do meu walkman, vc vai lembrar A FITA VAI REBOBINAR" rs

    Não sei se vou poder ajudar muito pq nasci em 86, no dia do jogo do Brasil – diga-se de passagem meu pai nem pode me visitar no hospital para ver esse jogo.

    Mas acho que começo dos anos 90 é quase 80 né?
    Já leu aqueles almanaques enormes e super coloridos?

    Adoro!

  7. Olá! Adorei o blog!
    Eu andei meio nostálgica por esses dias tb. Até fiz uma musiquinha de gozação com meus amigos "Eu me lembro bem do meu walkman, vc vai lembrar A FITA VAI REBOBINAR" rs

    Não sei se vou poder ajudar muito pq nasci em 86, no dia do jogo do Brasil – diga-se de passagem meu pai nem pode me visitar no hospital para ver esse jogo.

    Mas acho que começo dos anos 90 é quase 80 né?
    Já leu aqueles almanaques enormes e super coloridos?

    Adoro!

Deixe uma resposta